Gravidez Na Adolescencia

by Olga Paiva (21.09.2018)

Email Reply

Gravidez Na Adolescencia Planejamento Familiar para Adolescentes: Um estudo realizado com SCFV de 15 a 17 anos no CRAS Centro. Falar do Proerd é procurar compreender a situação crítica pela qual passa as crianças e adolescentes brasileiros ao longo da história desta nação. Uso da expressão "mal-de-sete-dias" por mães de crianças que morreram de tétano neonatal em Minas Gerais. Para Coates e Sant?Anna (2009), entre os riscos associados à gravidez na adolescência e à reincidência ainda nesta faixa etária destacam-se iniciação sexual precoce, baixa escolaridade, abandono escolar, desestrutura familiar, falta de conhecimento e motivação para uso de métodos contraceptivos. Estimular maior interesse em programas assistenciais e ampliar trabalho coletivo a partir das necessidades assinaladas pelos adolescentes participantes. Geralmente, a adolescência se inicia na puberdade, ou seja, através do processo que leva à maturidade sexual. Segundo Papalia, Olds e Feldman (2009), os cientistas compreendem desenvolvimento humano como a junção entre os domínios físico, cognitivo e psicossocial e fazem a distinção entre eles. Esses fatores ressaltam a importância de a Enfermagem trabalhar com a adolescência, constituindo-se em estímulo para desenvolvimento de práticas educativas durante exercício da profissão, ou seja, durante a prática do cuidar. Abordar a questão política no caráter educativo da sociedade contemporânea refere-se exclusivamente a política partidária, subentende-se certa dificuldade para compreender que a política perpassa toda a esfera da vida social, que significa a própria construção da sociedade, entendida nas suas diferentes classes sociais, mas ainda assim expressões como "política não se discute" são freqüentemente ouvidas. As mulheres estão cada vez bebendo exageradamente, apesar desse crescimento entre as mulheres os homens ainda continuam na frente (MINISTÉRIO DA SAÚDE 2009). A saúde e a qualidade de vida dos idosos, mais que em outros grupos etários, sofrem a influência de múltiplos fatores físicos, psicológicos, sociais e culturais. Portanto, para a sociedade medieval a infância não existia, não havia distinção entre criança e adulto, a pessoa se tornava adulta a partir do momento que conscientemente não xtrabig force olivia como comprar dependia mais da mãe ou da ama, crescimento era um fenômeno quantitativo e não qualitativo, assim que a criança superava alto risco de mortalidade era logo misturada aos adultos. Percebe-se assim, que os estudos sobre a idade das adolescentes com relação à gravidez e partos são conflitantes e encontram repercussão em vários estudos, alertando para fato de os trabalhos não levarem em consideração as diferenças entre as populações estudadas e as metodologias de estudo que foram aplicadas. Segundo Brasil2 (2005), as atividades educativas a serem realizadas mediarão sobre informações cientificas atualizada; reflexões sobre interesse, sentimentos, questionamentos e necessidades dos adolescentes e jovens; oferecer ações de interesse e participação grupal; contribuir para a apreensão crítica do novo conhecimento usados pelos participantes do grupo; ações sobre compreensão da realidade, dos valores e projetos de vida , transformação da sociedade em que vivem e compreensão do mundo dando nexo a seus conteúdos. Todavia, segundo Schenker et al., (2005) a mídia não pode ser "demonizada" uma vez que retrata a cultura vigente, nenhuma propaganda por si só atinge efeito demoníaco de persuasão, mas, em parceria com a família e com a própria escola onde existem professores usuários de algum tipo de droga lícita, há então, uma combinação perfeita para recrutamento de crianças e adolescentes no mundo das drogas sendo elas lícitas ou ilícitas. Violência Sexual: é todo jogo ou ato sexual, afinidade heterossexual ou homossexual, entre um ou mais adultos e uma criança menor de 18 anos, tendo por intenção estimular sexualmente a criança ou adolescente e utilizá-la para obter uma excitação sexual sobre sua pessoa ou de outra pessoa. A gravidez na adolescência representa assim um dos graves problemas que abrange as adolescentes brasileiras. É durante as consultas de pré-natal que estas orientações devem ser fornecidas (COSTA et al, 2010). estudo é finalizado com as conclusões a que se chegou, seguidas de sugestões deixadas pelos autores para que novos estudos sejam realizados sobre a atuação do enfermeiro na educação e prevenção da gravidez na adolescência, haja vista que estes são muito escassos e, os estudos existentes não possuem direcionamento amplo para a enfermagem.



This website uses cookies

You consent to our cookies if you continue to use our website.

About Cookies